Feeds:
Artigos
Comentários

7 anos no…

Mais uma volta ao redor do sol e mais um ano passou desde que saí de Portugal e assentei praça por terras de Raínha Margarida II. Quando saí de Portugal era Primeiro Ministro José Sócrates e o Presidente era o Cavaco Silva. Neste momento foram substituídos pelo António Costa e o Marcelo. Parece que alguma coisa mudou.

Continuar a ler »

Mudanças

Uma das riquezas de se viver em diferentes países é contactar com realidades diferentes e ver como para problemas e situações comuns há formas diferentes de os resolver, reflexos de culturas, estados de desenvolvimento e mentalidades diferentes.

Continuar a ler »

Com os olhos em bico

Este ano até estava a ser calmo, mas depois de duas viagens tranquilas a Londres e a Maputo (sítios onde até já tinha estado antes) mais uma reviravolta.

Continuar a ler »

Assim de repente…

O outro dia ouvi esta canção:

E fez-me pensar.

Continuar a ler »

6 anos, é muito tempo…

Pois é verdade, seis anos já passaram desde que iniciei esta aventura de misturar a sardinha com o sild, o chouriço com o pølse, o vinho tinto com a cerveja nórdica. Perguntam alguns, mas os nórdicos têm cerveja? Pesquisem e vejam de onde vem a Carlsberg e a Tuborg. E sim, já sei, cerveja boa é a Portuguesa, não há cerveja melhor do que a nossa. Não vou por aí…

Continuar a ler »

Mundo de surpresas

Buscando, passeando, navegando, encontram-se coisas interessantes.

Na novela brasileira encontra-se a vida…

Poema em linha reta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.
E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,
Indesculpavelmente sujo.
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,
Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,
Que tenho sofrido enxovalhos e calado,
Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;
Eu, que tenho sido cômico às criadas de hotel,
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,
Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado
Para fora da possibilidade do soco;
Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,
Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.

Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe – todos eles príncipes – na vida…

Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
Ó principes, meus irmãos,

Arre, estou farto de semideuses!
Onde é que há gente no mundo?

Então sou só eu que é vil e errôneo nesta terra?

Poderão as mulheres não os terem amado,
Podem ter sido traídos – mas ridículos nunca!
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?
Eu, que venho sido vil, literalmente vil,
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

Fernando Pessoa
(Álvaro de Campos)

 

Lembrança

Hoje li em algum lado a efeméride. Aniversário da morte de um poeta, porque não dar lugar à poesia?

Portugal

Ó Portugal, se fosses só três sílabas,
linda vista para o mar,
Minho verde, Algarve de cal,
jerico rapando o espinhaço da terra,
surdo e miudinho,
moinho a braços com um vento
testarudo, mas embolado e, afinal, amigo,
se fosses só o sal, o sol, o sul,
o ladino pardal,
o manso boi coloquial,

a rechinante sardinha,
a desancada varina,
o plumitivo ladrilhado de lindos adjectivos,
a muda queixa amendoada
duns olhos pestanítidos,
se fosses só a cegarrega do estio, dos estilos,
o ferrugento cão asmático das praias,
o grilo engaiolado, a grila no lábio,
o calendário na parede, o emblema na lapela,
ó Portugal, se fosses só três sílabas
de plástico, que era mais barato!

*

Doceiras de Amarante, barristas de Barcelos,
rendeiras de Viana, toureiros da Golegã,
não há «papo-de-anjo» que seja o meu derriço,
galo que cante a cores na minha prateleira,
alvura arrendada para o meu devaneio,
bandarilha que possa enfeitar-me o cachaço.
Portugal: questão que eu tenho comigo mesmo,
golpe até ao osso, fome sem entretém,
perdigueiro marrado e sem narizes, sem perdizes,
rocim engraxado,
feira cabisbaixa,
meu remorso,
meu remorso de todos nós…

Alexandre O’Neill, in ‘Feira Cabisbaixa’

Ser português na Dinamarca é….

Muitas vezes me perguntam como é vida na Dinamarca, em que é que é diferente da vida em Portugal. Normalmente é mais fácil responder a uma pergunta concreta, do que estar a divagar sobre o tema. Mas como há quem já tenha feito algum trabalho sobre isso, aqui fica a opinião de uma amiga…

Continuar a ler »

Ética

Lido na revista da Ordem dos Engenheiro portuguesa, e publicado aqui, para consulta e memória futura.

Continuar a ler »

Saudade

Mais uns dias passados em Portugal, revisitando lugares, sabores, cheiros, sons…De regresso a outra casa, passo os olhos pela revista, lêm-se estas palavras, a 10000m de altitude.

Continuar a ler »

5 anos na Dinamarca

Pois é verdade, o tempo passa a correr e já faz cinco anos que me mudei para a Dinamarca. Cheguei no dia 28 de Fevereiro para começar a trabalhar no dia seguinte. Tudo novo, tudo por descobrir, eu e a minha mala com excesso de peso (a mala, não eu).

Continuar a ler »

Aniversário – IV

Pois hoje faz 4 anos que me mudei para a Dinamarca. Com uma mala com 30kgs, e vontade de enfrentar novos desafios…Desde de então muitas coisas mudaram, outras ficaram na mesma 🙂

Continuar a ler »

Maracucho – VII

Em breve partirei…deixando para trás a cidade e as gentes. Chegada via Miami, regresso também. Férias em Lisboa via Caracas, idas e vindas.

Continuar a ler »

Maracucho – VI

O fim de semana passada demos uma de turista e fomos fazer um passeio pela cidade.

Continuar a ler »

Maracucho – V

Gostaria de deixar aqui uns comentários acerca do trânsito nesta cidade.

Continuar a ler »

Maracucho – IV

E para verem um pouco de como são as ruas por aqui, fica o vídeo. Adicionei uma musica cubana, é o que tenho disponível, e o ambiente é semelhante. Em breve estaremos com a farinha racionada por aqui, mas por enquanto vamos tendo acesso à internet :-).

E sim, andamos muito de carro para todo o lado

Maracucho – III

O tempo. Não é esse que não volta para trás….É mesmo o meteorológico. Continuar a ler »

Maracucho – II

As agências internacionais deram algum destaque à notícia: Falta de papel higiénico na Venezuela. E eu queria tranquilizar os meus amigos…Tudo está bem por estes lados.

Continuar a ler »

Maracucho – I

E aqui inicio uma série de artigos dedicados à minha experiência de Maracucho. E que raio vem a ser isso? Bem, Maracucho é proveniente da região de Maracaibo, e é como são designados os habitantes da zona, que é a minha actual situação.

Continuar a ler »

Kulturhavn

E aqui vai mais uma recordação fresquinha do verão na Dinamarca. Essa altura em que festas, festivais, actividades, churrasco e praia se sucedem numa tentativa de recuperar o tempo perdido durante o inverno.

Continuar a ler »

Doi-me a cabeça

Pois, deitar cedo e cedo erguer dá saúde e faz crescer.

Continuar a ler »

Lago Maracaibo

E é este lago o culpado de eu estar Venezuela e, durante alguns anos, a minha empresa ter uma presença aqui. Apenas o maior lago da América Latina…

Continuar a ler »

Aventuras no mundo

E quando já tudo perspectivava uma primavera calma em Copenhaga e um verão simpático cheio de actividades ao ar livre, barbeques, festivais, carnaval, a vida dá uma reviravolta, e os planos são modificados. Continuar a ler »

EuroDisney

A semana passada, e tentando evitar a época alta da Páscoa, houve finalmente uma aventura familiar digna desse nome. Visita à DisneyLand em Paris.

Continuar a ler »

Protegido: Mais pessoal…

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Roskilde

E num belo mas frio fim de semana, lá nos metemos a caminho para conhecer aquela que já foi a capital da Dinamarca. A cidade de Roskilde.

Continuar a ler »

Protegido: Bonbon-land – Imagens

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Bonbon-land

Mais um passeio realizado a um parque de diversões existente nestas terras do Norte. Continuar a ler »

Passeio de domingo

Continuando com o fim de semana prolongado que nos levou à Legolândia e ao Zoo de Givskud, faltou o passeio de domingo que nos levou até à costa Oeste da Jutelândia e até ao Mar do Norte.

Continuar a ler »

Zoo…O regresso

Ora bem, depois de uma ausência bastante prolongada vou tentar regressar aos meus relatos, começando por pegar onde tinha parado…

Continuar a ler »

Protegido: Legoland – take II

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Protegido: Legoland – take I

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Legoland

Há alguns dias fizemos umas mini-férias que foram aproveitadas para várias actividades, entre elas dois dias de visita à atracção turística provavelmente mais visitada da Dinamarca, a Legoland

Continuar a ler »

1º Maio 2012

Na semana passada celebrou-se mais um primeiro de Maio. Aqui não houve promoções de 50%, mas mesmo assim foi um dia diferente.

Continuar a ler »

Protegido: Vamos ao Circo

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Protegido: Lalandia – cont.

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Lalandia

Para quebrar a monotonia do dia-a-dia, e porque nestes meses de Inverno há pouca animação a que nos possamos juntar, resolvemos fazer um fim-de-semana diferente.

Continuar a ler »

Globalização – 3

Mais dois colegas para se juntar ao projecto em que estou a trabalhar. E de onde vêm eles? Direitinhos da Coreia. São um casal simpático, têm muita dificuldade em falar inglês e têm nomes que felizmente consigo pronunciar. Mais uma nacionalidade a juntar ao ramalhete.

Venha ela

Parece que hoje começa a primavera. Por vezes não parece, especialmente de manhã quando o frio ainda se faz sentir. Mas quando venho para casa, já se consegue apreciar uma temperaturas simpáticas. Por aqui 14 ou 15 graus já dá direito a malta de t-shirt na rua.

Olho pela janela, e lá em baixo os miúdos já brincam depois da escola, sem os fatos de inverno. Na árvore em frente já se vêm uns botões a rebentar.

Mas o sinal mais revelador que o tempo está a mudar, é já estarem em posição os grelhadores para os barbecues da próxima estação Primavera/Verão. Assim seja bem vinda Primavera 🙂

asd asdfa

Globalização – 2

Sobremesa hoje ao jantar: uma deliciosa melancia. De onde virá ela? Nesta altura do ano? Fui ver….era da Costa Rica 🙂

 

Globalização – 1

Esta manhã pus gasolina no carro. Preço por litro 12.12 dk = 1.63€

Preço da gasolina em Portugal = 1.72€

 

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Carnaval em Malmo

Apesar de o Carnaval por estes lados ser uma festa mais para as crianças (pelo menos nesta altura do ano, em que o tempo não permite grandes desfiles), há ainda quem teime em fazer a festa.

Continuar a ler »

Protegido: Lego World 2012 – uncut

Este conteúdo está protegido com uma palavra-passe. Para o visualizar, por favor, insira em baixo a sua palavra-passe:

Lego World 2012

Aquando das últimas férias escolares realizou-se aqui em Copenhaga, na FIL cá do sítio, um evento para crianças de todas as idades. O Lego World, ou como expliquei ao meu filho, uma festa de Lego.

Continuar a ler »

Onde está o Sol?

Já em tempos reflecti sobre as diferenças meteorológicas entre Lisboa e Copenhaga, podem ver aqui: Como está o tempo por aí? . Agora vou complementar essa informação, pois faltava um elemento fundamental: O Sol!

Continuar a ler »